Felicidade: O que fazer pra ser feliz?

Ultimamente tem se falado muito em felicidade e o que fazer pra ser feliz. Não tem como, mesmo na correria do dia a dia não se pensar a respeito, afinal de contas, é o que todos nós serumaninhos queremos!

Em meio à tantas opções para definir essa tal felicidade, há quem ainda se iluda apenas com bens materiais ou beleza. Mas andei ouvindo dos melhores informados e soube que o negócio vai bem além.

As pessoas estão buscando uma felicidade mais honesta, mais legítima, mais feliz!

Felicidade

Então vamos partir do princípio de que não adianta se enganar. A enganação está demasiada principalmente nesse mundo da internet, onde parece que todo mundo está feliz. Ninguém ou raramente alguém posta seu momento verdade, aquele de um horrível, quando você chega em casa, do trabalho, com dor de cabeça, ou então sua casa bagunçada, e aquele fim de semana que você está sem dinheiro pra passear? Alguém posta foto no sofá, sem fazer nada? Óbvio que não, pois suas vidas são perfeitas e felizes.

Vê que engraçado, as pessoas estão tão superficiais que desafiam umas às outras a serem reais e dizem: quem tem coragem de postar sem filtro? E os felizes de plantão resolver mostrar a sua verdade.

Os especialistas em felicidade, ” já existe essa categoria viu”, dizem que ela está na paz interior e na evolução espiritual. Nada de carro do pra ser feliz, nada de corpo perfeito, já tem muita gente se dando conta disso e indo atras das suas melhoras.

Sabiam que existe até um Congresso Internacional da Felicidade? https://congressodefelicidade.com.br/pt/. Confere todas as informações neste link, já irá acontecer a quarta edição e será nos dias 02 e 03 d eu novembro de 2019 em Curitiba, se você se interessou, veja lá e se inscreve. O assunto é atual, está sendo muito discutido e com certeza é algo para ser levado em conta.

Uma das pessoas que admiro fará parte desse congresso e se você se interessa na sua busca pela felicidade, uma dica é ouví-la, estou me referindo a Monja Coen, https://m.youtube.com/watch?v=qBzSuLriors

E ainda vou mais além, segundo Veenhoven, (1997) define felicidade como o grau em que uma pessoa avalia a qualidade geral de sua vida presente como uma inteira satisfação, ou seja, em outras palavras o quanto a pessoa gosta da vida que ele/ela leva.

Por mais piegas que isso possa parecer, a verdadeira felicidade, aquela que todos buscam incondicionalmente – embora muitos possam relutar em acreditar que ela realmente seja possível – só existe dentro da gente. E só conseguimos encontrá-la quando cuidamos de nós mesmos, buscando o amor próprio e a alto estima. Quando eliminamos de nossas vidas relacionamentos e situações que nos põe pra baixo, não precisamos suportar o que não nos agrada por mais tempo do que o necessário. Cuidando dos sentimentos, emoções e pensamentos e entendendo que somos o seu únicos responsáveis pela nossa felicidade. Não adianta nunca colocar a culpa no outro.

Se você não está feliz, não é culpa de ninguém, as pessoas fazem conosco aquilo que permitimos, aquilo que aceitamos com a desculpa de que o outro vai mudar e aí seremos enfim felizes. Ledo engano. Quem precisa mudar é você.

Para ser feliz é preciso ter coragem de olhar para dentro de si mesmo e parar de conversa mole e tomar atitudes, mesmo com medo, é assim com medo mesmo, que você começa a se descobrir e a mudar o que não é bom e correr atrás da sua paz, da sua felicidade.

Alguém agora pode pensar, ah é muito fácil falar, vamos ver na dura realidade do dia a dia.

Não. Fácil não é. Imaginem que pra mim, por exemplo, cuidar de um almoço não é fácil, imagina ter atitude de reconhecer minhas mazelas e tentar superá-las!

Novamente eu insisto: é necessário coragem pra ser viver feliz.

Lilian Alves

Olá eu me chamo Lilian Alves, me tornei mãe aos 37 anos da pequena Sarah e quero compartilhar a experiência de poder ser feliz sempre, nessa nova etapa que é ser mãe!

Website: http://praviverfeliz.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *