As crianças confiam em nossas palavras: não devemos desapontá-las

Com dois anos de idade as crianças já entendem mais do que acontece a sua volta do que podemos imaginar, elas nos observam muito e as crianças confiam em nós, por isso devemos sempre ser honestos com elas.

As crianças confiam em nossa proteção, em nosso amor e em nossas palavras. Imagina a frustração que sentem quando as desapontamos. Por isso a importância de não mentir e não prometer coisas nas quais não faremos depois.

As crianças confiam

Se quebrarmos essa confiança, essa amizade que elas depositam em nossas palavras e nossas atitudes, em quem elas confiarão? Se tornarão adultos que talvez não desenvolva confiança suficiente nas pessoas, podem ter futuros problemas para trabalhar em grupo por exemplo.

Os adultos incentivam as crianças a conhecerem o mundo e a partir daí elas podem desenvolver todo o seu potencial e o cuidado deve ser mais que dobrado, as crianças podem desenvolver esse potencial enorme tanto para coisas boas quanto para coisas não tão boas. Elas vão descobrindo sua própria personalidade de acordo com suas experiências.

As crianças confiam 1

Minha filha começou essa semana sua vida escolar e está sendo uma fase de muito aprendizado e confiança para todos nós. Ela chorou quando viemos embora e a deixamos na escola, mas ela confiou em nossa palavra quando dissemos para ela que iríamos buscá-la mais tarde. E o rosto dela de felicidade quando fomos buscá-la nos confirma que as crianças confiam nos adultos e espera de nós cuidado, proteção, atenção e muito amor.

Hoje ela acordou e disse que estava cansada e que queria ficar na cama. Entendi logo que ela não queria ir para a escola, então combinamos que hoje ficaríamos em casa e que amanhã iriamos para a escola. Ela concordou e voltou a dormir. Quando acordou lembrou do nosso acordo e perguntou: – amanhã iremos a escola?

As crianças confiam em nossa palavra por isso não devemos decepcioná-los.

É difícil para nós vermos ela chorando, sabemos que é uma fase de adaptação, para nós também está sendo. Ela está apenas no começo da sua vida de socialização , antes era apenas seu comportamento em casa e na casa dos avós e agora são outras crianças, outros adultos, outro ambiente que ela tem que passar algumas horas longe do colo da mamãe e do papai. E quando dizemos a ela que voltaremos mais tarde é um compromisso em que ela passa a nos aguardar. E essa confiança se confirma quando vemos seu sorriso não hora em que voltamos para ir buscá-la. A amizade e a troca de confiança que temos com nossos filhos são firmados aos poucos e desde muito cedo e com certeza trata-se de trocas.

Vamos criar uma relação de confiança e honestidade com nossos filhos desde já e no futuro eles terão plena confiança em nossos conselhos. Depois perceberemos que eles nos ensinam muito sobre honestidade e confiança. Quantas vezes chegamos a situação em que eles nos questionam sobre nossas palavras e nossos comportamentos? Quando dizemos que eles devem fazer uma coisa e nós fazemos outra. Então vamos cuidar em nos moldar pois somos exemplos e que tipo de exemplo desejamos ser?

Lilian Alves

Olá eu me chamo Lilian Alves, me tornei mãe aos 37 anos da pequena Sarah e quero compartilhar a experiência de poder ser feliz sempre, nessa nova etapa que é ser mãe!

Website: http://praviverfeliz.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *