Quando o outro não te faz feliz! Vamos mudar isso.

Gente, presta atenção: Quando o outro não te faz feliz o que devemos mudar? Geralmente esperamos que as outras pessoas cuidem de nós, nos respeitem, nos amem, elogiem, admirem e nos dê atenção. Ma se nem sempre é isso que acontece no nosso dia a dia e nos frustramos e sofremos muito com essa realidade. Isso acontece por transferirmos a responsabilidade da nossa felicidade no outro e não em nós mesmos.

Quando vivemos sem esperar nada de ninguém somos muito mais felizes. Parece simples, mas é tão difícil não esperar algo de alguém. Sempre criamos uma expectativa por menor que seja e corremos o risco de nos frustrar depois. Ou pior, culpamos o outro pelas nossas insatisfações.
Devemos ter consciência que ninguém é obrigado a fazer o que esperamos dele ou dela. Cada um de nós somos responsáveis por nossa própria felicidade. Se o outro não te faz feliz é porque essa tarefa não é dele ou dela e sim nossa.

O outro não te faz feliz

Temos dificuldade de lidar com isso principalmente com as pessoas mais próximas, pai, mãe, marido, esposa, filhos, melhor amigo, nas quais confiamos e esperamos de volta o mesmo amor e dedicação que dispomos a estas pessoas e sofremos de verdade por esperar e não receber nada do que aguardamos em troca. E ainda pior quando dessas pessoas recebemos desrespeito, desamor, ingratidão e até mesmo indiferença. Quando o outro não te faz feliz e nos trata com indiferença ao ponto de nos causar dor, está mais do que na hora de uma urgente mudança dentro de nós, nós que somos donos da nossa vida e da nossa felicidade, pois ninguém além de nós mesmos para sabermos o grande valor que temos e quando reconhecemos este valor, quando entendemos que não precisamos de migalhas de carinho de ninguém, nesse momento seremos capazes de reagir à essas pessoas que nos tratam com desdém e irmos ao encontro da nossa verdadeira felicidade. E para essa tarefa nenhum pouco fácil precisamos nos conhecer e reconhecer também nossa autenticidade e a partir disso decidirmos viver de uma outra forma.

É necessário sem dúvida fazermos um exercício diário para mudarmos nosso comportamento em relação aos outros e a nós mesmos, e no início tudo parece mais difícil até que depois isso fará parte naturalmente da sua vida.

Para alguns, quando perceberem nossas primeiras mudanças de comportamento, poderão comentar que nos tornamos indiferentes ou ranzinzas mas nós sabemos que não se trata disso e sim de uma descoberta do que realmente precisamos para sermos felizes.

É que quando o outro não te faz feliz e resolvemos dar um basta nisso e sermos donos da nossa vida, será difícil aquelas pessoas mais próximas, das quais esperávamos atenção, entender nossa mudança.

Para termos um pequeno exemplo de como essa tarefa de transformação em nós pode se tornar mais fácil, vejamos o exemplo das crianças, como em certos momentos elas são felizes sem a necessidade de tanta coisa que nós adultos exigimos uns dos outros. E percebemos que apenas quando de verdade deixamos de nos tornar dependente dos outros, seja lá quem for conseguimos viver mais felizes e isso é fantástico!

Vamos as dicas:

Seu dia pode ser feliz se você acordar e se der um bom dia cheio de otimismo e fé de que este será o seu melhor dia. E será! Fazendo isto não precisa mais do bom dia de seu ninguém!

Segunda dica: Vamos dar um gelo. Não puxe assunto ou atenção de qualquer pessoa, exercite ficar na sua e logo verá alguém começando a ligar as antenas kkk

Faça algo que goste durante seu dia, separe um tempinho para se cuidar, isso te fará bem além de que você merece ser bem cuidado e por você mesma. E qual o problema disso? Nenhum. Só te fará bem.

Próxima dica: Não se importe.

Se o outro vier cheio de conversa, escute mas não dê muita atenção. Se disser que está doente, peça para a própria pessoa ir buscar o remédio. Nada de fazer por alguém aquilo que a pessoa não faz por você e pode muito bem fazer sozinho. Gentileza gera gentileza. Só dê de legal o que receber. Tá na hora de deixar de ser tola e tirar o mal costume dos outros se aproveitarem de você.

Tente se conhecer melhor. Reveja seus planos, seus sonhos e vontades. Corra atrás do seu bem estar, procure uma ocupação, leia um bom livro, veja um filme de qualidade, estude, mesmo que seja em casa, aprenda algo novo, mesmo que seja fazer um doce, bolo, bordado, uma nova língua talvez, seja lá o que for. Não espere sua felicidade vir do cuidado e atenção de ninguém. Cuide de si mesma e vamos ser felizes. A vida é maravilhosa, tão rápida e tão breve. Por que não a apreciamos? Paremos de esperar! Faremos nós mesmos uma vida pela qual esperamos.

Desejo muito que este post inspire muitas pessoas a mudarem de atitude com qualquer coisa que esteja ruim em suas vidas. E saibam que esta experiência está sendo minha pessoalmente, que inúmeras vezes fico à espera de uma felicidade trazida por alguém. Mas descobri que não funciona assim e estou iniciando uma mudança dentro de mim e sei que mesmo sendo difícil conseguirei mudar meu comportamento, pois mudanças são necessárias para a nossa evolução e para a nossa felicidade.

Compartilhem comigo o que estão querendo mudar, ou já mudaram e como foi a trajetória. Experiência compartilhada faz bem a todos. Aguardo os comentários e dicas também. E não podemos esquecer: Ser feliz é tarefa de cada um! Beijos!

Lilian Alves

Olá eu me chamo Lilian Alves, me tornei mãe aos 37 anos da pequena Sarah e quero compartilhar a experiência de poder ser feliz sempre, nessa nova etapa que é ser mãe!

Website: http://praviverfeliz.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *