A diminuição da libido após o nascimento de um filho: veja o que pode ajudar

Um assunto que vale muito a pena ser conversado aqui no blog é sobre a diminuição da libido após o nascimento de um filho. Até porque o blog se chama: Pra viver feliz e não é fácil viver feliz com a libido em baixa!

Isso ocorre na maioria das mulheres após terem um filho e também são inúmeros os motivos para a diminuição da libido acontecer.

A diminuição da libido

Vamos por partes: Primeiro, a prioridade quando nasce um bebê é exatamente esse bebê, então nesse momento não se pensa em outra coisa a não ser cuidar dessa pessoinha. Segundo, existe o período de puerpério, mais conhecido como resguardo https://revistacrescer.globo.com/Gravidez/Pos-parto/noticia/2014/01/o-que-e-permitido-ou-nao-na-quarentena.html

que é extremamente necessário para a cicatrização do útero, para que não haja dor quando a mulher voltar a ter relação sexual, entre outras coisas. Terceiro, se você estiver amamentando, às alterações nos hormônios também contribuem para a diminuição da libido.

Além de tudo isso tem alguns fatores que devem ser analisados, o cansaço físico pelas incontáveis noites sem dormir direito, a falta de tempo de ao menos tomar um banho demorado, a mulher se sente exausta e só pensa em uma boa noite tranquila de sono daquelas bem dormidas. E não é apenas a mulher que sente cansaço não, pois se o marido for companheiro de verdade e está com ela ativamente cuidando do bebê, pois já falei sobre a importância da participação ativa do pai nos cuidados com o bebê https://praviverfeliz.com.br/2019/10/31/paternidade-hoje-e-pra-ser-diferente/ ele com certeza também vai estar cansado e sem animo para o sexo.

Agora se for daqueles que não te ajuda em nada ou quase nada e não está sentindo na pele as noites mal dormidas e até mesmo as noites sem dormir, este é capaz até de te cobrar falta de atenção e falta de sexo.

Mas a mulher só tem que voltar a fazer sexo quando se sentir preparada e não por causa de cobranças, isso pode até ser pior, pois tem mulheres que fazem sexo sem vontade e até mesmo fingem sentir orgasmo para agradar o marido e por medo deles irem à procura de mulheres ”na rua”, e esses medos não são sentidos apenas por uma minoria não!

Infelizmente a falta de companheirismo do marido pode agravar a diminuição da libido.

Por isso é muito importante o apoio do marido nessa faze. Entender que às vezes o casal pode passar um momento junto sem ter que obrigatoriamente fazer sexo, pois o casal precisa muito ter um tempinho para ficarem juntos quando se tem um bebê em casa, com tanta coisa pra fazer, cuidar de um bebê não é fácil! É uma batalha diária que demanda coragem e paciência.

Por isso, a mulher muitas vezes vai além do baby blues e atinge uma depressão Pós Parto https://praviverfeliz.com.br/2019/09/27/depressao-pos-parto-o-que-e-e-o-que-fazer/ e caso isso aconteça é imprescindível pedir ajuda, e nesse momento mais uma vez a diminuição da libido vai surgir, até mesmo por algum tipo de medicamento que venha a tomar.

O nascimento de um bebê pode acarretar muitos problemas, mas não podemos esquecer a felicidade que este ser recém-nascido nos traz, por essa razão devemos cuidar não apenas do bebê, mas o marido cuidar da esposa, a mãe não tentar ser uma mulher maravilha e fazer o impossível esquecendo completamente que ela continua sendo uma mulher, mesmo sendo mãe.

Devemos fazer um esforço e criar um tempinho para o casal aproveitar juntos, isso é importante sim! Um lubrificante cai bem pra ajudar, o ginecologista pode indicar, mas qualquer farmacia pode resolver rapidinho esse problema. Trocar o pijama por uma camisola bonita, uma saidinha, deixando o bebê com os avós uma vez ou outra faz milagres para o casal e nesse momento aproveitar para conversar, dizer o que estão sentindo, o que estão precisando para ajudar a passar por tudo isso.

Agora a melhor notícia: Pode demorar 40 dias, 4 meses, sei que cada caso é um caso, mas se houver companheirismo, compreensão e amor, a diminuição da libido vai passar!

Não ache que você é a única a enfrentar essa dificuldade, você faz parte da maioria. Mas precisa se cuidar, compreender que você continua sendo mulher após se tornar mãe. Se o seu corpo mudou, é motivo de orgulho, essas mudanças em seu corpo foi trazer ao mundo um amor mais belo e verdadeiro que possa existir. E as mudanças fazem parte da vida e da nossa felicidade.

Agora me conta a sua experiência com a diminuição da libido. Já superou? Deixa seu comentário, compartilha conosco, assim aprendemos com outras experiências!

Lilian Alves

Olá eu me chamo Lilian Alves, me tornei mãe aos 37 anos da pequena Sarah e quero compartilhar a experiência de poder ser feliz sempre, nessa nova etapa que é ser mãe!

Website: http://praviverfeliz.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *